Governo do RS diz que alunos que não têm celular ou computador serão os primeiros a retornarem às escolas

O governador Eduardo Leite anunciou, nesta segunda-feira (18), que parte dos alunos da rede pública estadual voltará a ter aulas presenciais. A reabertura das escolas, sem data definida, servirá para atender apenas os alunos que não tiverem um dispositivo — como celular, computador ou tablet — para acessar a plataforma online de ensino.

— A gente sabe que tem uma parcela de alunos que não tem o aparelho, então não tem como fazer a conexão mesmo que se lance a possibilidade de (acesso à) internet. E, para isso, estamos analisando protocolos de segurança, para que possam esses alunos utilizar a estrutura das escolas, restrita a alunos que realmente tiverem essa necessidade. A gente não pode abrir mão desta formação — disse Leite.

Os critérios de distanciamento social que serão utilizados para reabertura das escolas ainda estão sendo definidos. A tendência é que o governo anuncie as regras para retomada de atividades de educação até quarta-feira (20).

— Observando esses protocolos (do distanciamento controlado), vamos estabelecer de que forma poderá se dar o (ensino) presencial. Vamos garantir aos estudantes as condições necessárias de acesso ao conteúdo, seja pela internet, seja presencial — disse Leite.

Os alunos que já têm dispositivos poderão cadastrar um número de celular e acessar o conteúdo sem gastar a os dados móveis. Por meio de uma parceria com a Assembléia Legislativa o governo do Estado vai pagar às operadoras de telefonia os dados necessários para os alunos acessarem os conteúdos.

— A gente sabe que o Estado tem praticamente 100% de cobertura celular. O aluno se cadastrará, utilizará essa plataforma exclusiva, aumentando a capacidade do seu celular em, no mínimo, 10 vezes — afirmou o secretário estadual da Educação, Faisal Karam.

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *