Mais de 4 mil pessoas se vacinaram no 1º dia em Cachoeira. Em 4 unidades terminaram as vacinas

A vacinação contra a influenza começou nesta segunda-feira, mas as doses já acabaram no ESF 2 (Carvalho), ESF 5 (Tupinambá) e ESF 7 (Ponche Verde) e US1 .  Somente durante a manhã foram aplicadas cerca de 4 mil doses.

Quem quiser se vacinar nesta terça terá que procurar o ESF1 (Promorar), ESF 3 (Noêmia), ESF 4 (Hospital da Liga), US4 (Centro Social Urbano), US14 (Bairro Marina), Derlizão e Igreja São José.

De acordo com a enfermeira Andréa Santos, coordenadora da Vigilância Epidemiológica, novas doses devem chegar em Cachoeira do Sul na quarta-feira e estarão disponíveis na quinta-feira.

A meta é vacinar 42.647 pessoas dentro da 22ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza em Cachoeira do Sul. Os idosos com mais de 60 anos e os profissionais de saúde serão os primeiros a serem vacinados. São 2.868 profissionais de saúde e 14.246 idosos. Eles serão o público prioritário até 15 de abril.

O que você pode fazer para tomar a vacina da gripe com segurança

·         Idealmente, mantenha distância de dois metros entre as pessoas da fila

·         Não cumprimente ninguém, inclusive os profissionais, com apertos de mão, beijos ou abraços

·         Evite ficar conversando com os outros na fila

·         Não toque nas paredes ou em outras superfícies

·         Reforce a etiqueta da higiene e não encoste as mãos no rosto

·         Busque sua vacina em horários alternativos

Um alerta: indivíduos com sintomas de uma infecção respiratória não devem buscar a vacina. Fique isolado até os sinais passarem para só então buscar sua dose.

Atenção

Equipes de vacinação extra muros imunizarão os idosos residentes em instituições de longa permanência e acamados. O agendamento pode ser feito pelos telefones 3724.6112 e 3723.1351

Calendário da campanha

– A partir de 23 de março (segunda-feira): Idosos com mais de 60 anos ou trabalhadores de saúde podem tomar a vacina;

– A partir de 16 de abril: É a vez dos professores, profissionais de segurança e salvamento e portadores de doenças crônicas não transmissíveis.

– A partir de 9 de maio: crianças de 6 meses a menores de 6 anos, pessoas com 55 anosa 59 anos, grávidas, mães no pós-parto, população indígena, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, pessoas com deficiência.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *