Obras da Rotatória das 5 esquinas irá atrasar em uma semana, devido a falta de asfalto

A previsão de que as obras da rotatória estariam concluídos até domingo (16) não deverá se concretizar. Em nota divulgada no início da tarde desta quinta-feira, a Prefeitura de Cachoeira do Sul informa que a Conpasul, empresa contratada para a obra, necessitou solicitar prorrogação do prazo devido à indisponibilidade de material (CAP) junto à refinaria, o que impossibilita a execução da camada de CBUQ para o serviço final da obra. Na prática, não há prazo para a colocação de asfalto na rotatória.

De acordo com a Prefeitura, de parte da Conpasul falta “apenas esse serviço que leva dois dias para ser realizado”. Os demais trabalhos, por conta da Prefeitura Municipal, continuam em execução, tais como a conclusão das calçadas e regularização dos canteiros.

Conforme comunicado da RECAP – Refinaria Alberto Pasqualini – em função de atraso no recebimento de petróleo para produção de asfaltos, a próxima campanha de CAP 50/70 atrasou e estará disponível para retirada somente no dia 20 de fevereiro.

Nesta quinta-feira, o prefeito Sergio Ghignatti fez contato com a empresa Conpasul que garantiu que a obra de Cachoeira do Sul será a primeira a receber o asfalto, assim que a empresa tiver acesso ao material.

A região da Cinco Esquinas deverá ficar fechada para o trânsito mais uma semana. Pelo menos é o que se conclui da nota da Prefeitura, porque as faixas de pedestres só devem ser demarcadas após o asfaltamento da rotatória. Neste meio tempo ainda terá que ser instalada a iluminação e também o projeto paisagístico. a obra está orçada em R$ 200 mil, no entanto, com o envolvimento da Secretaria de Obras, este valor já bem maior. Além disso, o projeto paisagístico está orçado em R$ 40 mil, no entanto, a Prefeitura diz que uma empresa vai se responsabilizar pelo ajardinamento da área.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *