General Braga Netto assume Casa Civil no lugar do gaúcho Onyx Lorenzoni

O presidente Jair Bolsonaro promoveu mais uma troca no primeiro escalão do governo federal nesta quarta-feira, 12. O general Walter Souza Braga Netto, 62 anos, foi convidado para assumir o comando da Casa Civil no lugar do gaúcho Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Esta é a segunda troca em menos de uma semana. Na quinta-feira, 6, Gustavo Canuto foi demitido do Ministério do Desenvolvimento Regional e cedeu lugar a Rogério Marinho.

Braga Netto atuou na intervenção federal no Rio de Janeiro em 2018 e é o atual chefe do Estado-Maior do Exército. Com essa decisão, todos os ministros que trabalham no Palácio do Planalto são de origem militar. O objetivo de Bolsonaro seria afastar a possibilidade de o Palácio do Planalto ser usado para fins eleitorais.

Informações preliminares dão conta de que Onyx será transferido para o Ministério da Cidadania, atualmente sob comando de Osmar Terra (MDB-RS). A possível troca ocorre porque a pasta da Cidadania, mesmo alertada por órgãos de controle e por concorrentes do certame sobre suspeitas de fraudes, fechou contrato de R$ 7 milhões com a Business Technology (B2T). A empresa é alvo da Operação Gaveteiro, da Polícia Federal, por suspeita de ter sido usada como laranja para desviar R$ 50 milhões dos cofres públicos.

 

 

 

fonte: folha de São Paulo

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *