Em janeiro, Feminicídios aumentaram no Rio Grande do Sul

A Secretaria de Segurança Pública do Rio Grande do Sul (SSP-RS) divulgou os indicadores de criminalidade de janeiro. Os dados ligam o alerta para a disparada dos feminicídio em comparação com o mesmo período de 2019. Foram dez mulheres mortas nos primeiros 31 dias deste ano contra três em 2019 – 233,3% de aumento.
Entre as vítimas, apenas uma contava com medida protetiva concedida pelo Judiciário, o que aponta para a importância da denúncia contra o agressor e, por outro lado, mostra falha na rede protetiva, pois, mesmo tendo procurado as autoridades e obtido a ordem de restrição, a vítima foi morta.
Os estupros, por outro lado, caíram de 184 para 134 em relação à janeiro de 2019. As lesões corporais contra mulheres também diminuíram: de 2.116 para 2.083. Em relação à criminalidade geral, houve queda de 36,7% nas vítimas homicídio no primeiro mês do ano, passando de 229 para 145. Na Capital, a queda foi de 50% – 46 para 23.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *