RGE investirá R$ 1,9 milhão em iluminação em Cachoeira do Sul

A RGE oficializou, nesta segunda-feira (10), a entrega dos contratos para a execução dos projetos de revitalização da iluminação em vias e prédios públicos de Cachoeira do Sul, aprovados na Chamada Pública de Projetos da RGE. Na ocasião, os analistas de Eficiência Energética da RGE, Odair Deters, Letícia Dotta Rech e Cristian Sippel, entregaram os contratos ao prefeito Sergio Ghignatti e vice-prefeito Cleber Cardoso, representantes da Prefeitura de Cachoeira do Sul que teve dois projetos aprovados.

O primeiro projeto prevê a substituição de 558 lâmpadas de vapor de sódio (VSAP) com baixa eficiência energética, por novas de LED com alto rendimento e menor consumo em pontos e vias importantes da cidade. Além das lâmpadas, a RGE irá substituir também os braços e as luminárias nos pontos selecionados. Este projeto terá um investimento de R$ 1,3 milhões por parte da distribuidora.

Já o segundo projeto, aprovado no processo é direcionado à Secretaria de Administração e Educação, que receberá em seu prédio 185 novas lâmpadas de LED e um sistema de geração de energia elétrica utilizando painéis solares. Nesta fase do projeto será instalada microgeração de energia solar com capacidade nominal de aproximadamente 107,2 kWp, que atenderá o prédio da Secretaria, o Ginásio Municipal e três escolas municipais de ensino fundamental: Alarico Ribeiro, Taufik Daud Kurban e Dinah Neri Pereira (Dinah). Em todas as frentes, este projeto terá R$ 523,2 mil investidos pela RGE.

Para o coordenador do Programa de Eficiência Energética da RGE, Odair Deters, estas ações terão um impacto positivo para todo o município de Cachoeira do Sul. “Este investimento da RGE representa um grande avanço na qualidade da iluminação de ruas e prédios públicos da cidade. Somando todas as frentes dos projetos, a empresa investirá um total de R$ 1,9 milhão na modernização da iluminação de pontos importantes de Cachoeira do Sul. Estima-se que com essas novas lâmpadas e a usina de geração de energia solar, a economia total passe dos R$ 394 mil ao ano. Esse valor pode ser destinado a investimentos em outras áreas”, comenta Deters.

Ao todo, serão 743 lâmpadas de LED instaladas em diferentes pontos de iluminação pública de Cachoeira do Sul que, somadas à usina de geração de energia, irão oferecer 587,91 MWh de energia economizada ao ano, o equivalente a R$ 394,9 mil de economia anual ao município. A expectativa é que as ações comecem já nos próximos meses.

O município de Cachoeira do Sul irá aportar R$ 36 mil como contrapartida do projeto. Todos os demais custos ficam a cargo da RGE, que investirá o valor a fundo perdido, dentro do Programa de Eficiência Energética. A concessionária também é responsável por o todo o recolhimento das lâmpadas antigas e encaminhando para o descarte adequado.

Ruas cachoeirenses que receberão as luminárias LED:

– Saldanha Marinho – 53 lâmpadas;

– Júlio de Castilhos – 32 lâmpadas;

– Avenida Brasil – 108 lâmpadas;

– Bento Golçalves – 24 lâmpadas;

– Alarico Ribeiro – 21 lâmpadas;

– 7 de setembro – 57 lâmpadas;

– Davi Barcelos – 27 lâmpadas;

– João Neves – 38 lâmpadas;

– Andrade Neves – 12 lâmpadas;

– Pinheiro Machado – 46 lâmpadas;

– Conde de Porto Alegre – 44 lâmpadas;

– Aparício Borges – 19 lâmpadas;

– Tiradentes – 3 lâmpadas;

– Ernesto Alves – 5 lâmpadas;

– Otto Mernak – 6 lâmpadas;

– Francisco Gama – 6 lâmpadas;

– Milan Kras – 3 lâmpadas.

Ainda serão substituídas 8 lâmpadas na Praça Salgado Filho, 27 lâmpadas na Praça José Bonifácio e 19 lâmpadas na Praça Honorato de Souza Santos. A expectativa da Prefeitura é que a substituição das lâmpadas comuns por luminárias de LEDs em via pública gere economia de 14 a 15 mil reais por mês.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *