Stas promove atividades nesta terça e quarta-feira, pelo fim da violência contra mulheres

A Secretaria Municipal de Trabalho e Ação Social, através do CREAS, promove, nesta terça e quarta-feira, atividades alusivas aos 16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência contra as Mulheres. O evento será na sede do SIPROM – Rua Virgílio de Abreu 1175, com a seguinte programação:

Terça-feira, dia 3:

– 8hs: credenciamento

– 8h30: abertura – Todos contra a violência! Cliciani Vaz dos Santos, Assistente Social e Coordenadora do CREAS

– 9hs: Mulheres negras, contexto histórico e vulnerabilidades. Jaqueline Elisa Marinho Gonçalves – Conselho Municipal de Igualdade Racial Janaína Teixeira – Coletivo Nacional da Juventude Negra – ENEGRECER

– 10hs: intervalo

– 10h15: Mulheres rurais: a violência silenciada. Isabel Vivian – Extensionista da Emater Representante das mulheres rurais Fernanda Corrêa da Fontoura – Assistente Social da equipe volante do CRAS

– 11h15: debate e considerações finais

– 12hs: encerramento

– 13h40: Mulheres idosas: as vulnerabilidades neste ciclo de vida. Juliana da Silva e Silva – Presidente do Conselho Municipal do Idoso – COMAI Cristiano da Silva Garcia – Coordenador do Projeto Cachoeira Saudável Lisandra Ferreira – Psicóloga do Serviço de Convivência e Fortalecimento e Vínculos do CRAS Frota e CRAS Norte

– 15h30: intervalo

– 15h45: A invisibilidade das mulheres com deficiência na sociedade. Michele dos Santos – Presidente do Conselho da Pessoa com Deficiência Renata Lemes Allram – Assistente Social do Residencial Inclusivo Claudete Maria Tavares Vieira – professora, intérprete de libras Jordana Castro

– 17hs: debate e considerações finais

Quarta-feira, dia 4:

– 8h30: Cis/hetero patriarcado e as formas de violência cotidiana contra as mulheres. Suelen Moraes – acadêmica de Serviço Social e Presidente do Diretório Central de Estudantes da UNISC Gabriela Maia – Psicóloga, Mestre em Ciências Sociais e Doutoranda em Antropologia Murilo Quintana – Representante do Coletivo LGBT Nickolle Rocha

– 10hs: intervalo

– 10h15: Gênero e Saúde Mental Tatiane Leal – Assistente Social do CAPS II Coletivo Feminista de Cachoeira do Sul*

– 11hs: debate

– 12hs: encerramento

– 13h40: Coordenadoria da Mulher. Elisandra Martins – Coordenadora

– 14h: A Assistência Social na prevenção e enfrentamento da violência. Daniele Schreiber Meyer – Assistente Social do CREAS

– 14h20: A Lei Maria da Penha como dispositivo de proteção para as mulheres em situação de violência doméstica. Delegado João Gabriel Parmeggiani Pes

– 15hs: intervalo

– 15hs15: A Defensoria Pública como porta de acesso aos direitos*

– 16h: debate e considerações finais

– 17h30: encerramento

Dentro das atividades, ainda acontecerá a Caminhada do Laço Branco – Homens pelo Fim da Violência Contra as Mulheres, no dia 6 de dezembro, sexta-feira, às 9h30, com saída da Praça da Caixa D’água e chegada às 10hs na Praça Honorato de Souza Santos. 

 

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *