Pediatras alertam para excesso de uso de celular por crianças

Pediatras de todo o país serão convidados a participar de abaixo-assinado em apoio a um projeto de lei para alertar sobre os riscos do uso excessivo de celulares, televisão e tablets para o desenvolvimento da criança. A iniciativa é da Sociedade de Pediatria do Rio Grande do Sul (SPRS) e será apresentada aos cerca de 7 mil participantes do 39º Congresso Brasileiro de Pediatria (CBP), que ocorre até sábado (12) em Porto Alegre, tendo como mote o tema “pediatra do futuro”.

— Temos muita comprovação científica de que o uso excessivo de telas na infância influencia comportamentos que podem causar prejuízos à saúde física e mental dos jovens — destaca a presidente da SPRS, Cristina Targa, que integra a comissão organizadora do evento.

No Rio Grande do Sul, a proposta dos pediatras será apresentada em forma de projeto de lei pelo deputado estadual Pedro Pereira (PSDB). A intenção é que todas as embalagens de dispositivos eletrônicos vendidos tenham uma etiqueta com a recomendação de moderação: para crianças de zero a dois anos, uso não aconselhado e, para a faixa etária de dois a 10 anos, recomendação de uso por até duas horas ao dia, sob supervisão.

Também será distribuído aos participantes um guia sobre a importância de brincar ao ar livre e ter contato com a natureza, para se ter uma infância saudável.

 

 

fonte Gaúcha/ZH

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *