Vice Governador do Estado garante permanência do Batalhão da Polícia Rodoviária em Cachoeira

Cachoeira do Sul vai ficar com o 2º Batalhão Rodoviário da Brigada, garantiu nesta quarta-feira,  o vice-governador e secretário de Segurança, Ranolfo Vieira Júnior, ao deputado Brito e à comitiva de vereadores e lideranças de Cachoeira do Sul que esteve em seu gabinete, com o vereador Marcelo Martins, o Marcelinho da Empresa.

Ranolfo recebeu por escrito o pedido de Brito e dos demais segmentos cachoeirenses e afirmou que, no momento, não existe nada oficial sobre a saída do BRBM e que, caso haja alguma alteração nessa situação, compromete-se a avisar os vereadores com antecedência.

Ainda na oportunidade, os vereadores aproveitaram para expor a situação do Posto de Identificação do município, que tem dois funcionários prestes a se aposentar e sobre a Delegacia da Mulher. O secretário declarou que os pleitos serão tratados pela Secretaria, que buscará soluções para os casos.

O vereador Marcelinho da Empresa (Progressistas), que solicitou o apoio do deputado Brito para essa pauta, afirmou sair tranquilizado da audiência. “Ficamos preocupados pela segurança do município e também pelos brigadianos e suas famílias, que ficam nessa expectativa de mudança de município”, afirmou.

O deputado Adolfo Brito também disse estar satisfeito com a reunião. “O secretário e vice-governador foi direto e objetivo, garantiu a permanência do Batalhão neste momento e afirmou que a população de Cachoeira pode ficar tranquila em relação a este assunto”, disse o deputado Brito.

Participaram também o vereador Jorge Fialho (PRB), Telda Assis (PT), Nelson Azevedo (Cidadania), que representou o presidente da Câmara, André Bessow, presidente Progressista de Cachoeira do Sul, e Roberto Guterres, representando o senador Luiz Carlos Heinze. Foram entregues ofícios do Cacisc, Sindilojas, SIMCO, SINMETEL, CDL, Associação dos Aposentados e Pensionistas de cachoeira do sul e Associação dos Profissionais de Contabilidade, solicitando a permanência do Batalhão Rodoviário.

 

 

 

 

fonte Vilnei Herbstrith assessoria do deputado Adolfo Brito

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *