Prédio do Conselho Tutelar de Cachoeira está há uma semana sem energia elétrica

Desde quarta feira da semana passada, dia 4, o prédio do Conselho Tutelar de Cachoeira do Sul está no escuro. De acordo com informações, um caminhão(que não poderia circular no entorno da Matriz) rebentou os fios e a RGE,  devido a precariedade das instalações elétricas do prédio não pode religar, enquanto uma reforma  não for realizada pela Prefeitura que tem que manter o prédio. O Fato foi denunciado no programa Fandango Noticias, inclusive com denuncias de um possível “gato” (furto de energia) o que foi rebatido pela Secretaria de Trabalho e Ação Social.

Ao tomar conhecimento da denuncia a Prefeitura emitiu a seguinte nota:

1 – A Prefeitura de Cachoeira do Sul, através da Secretaria de Trabalho e Ação Social (Stas) fez o primeiro pedido de conserto da fiação para a RGE Sul ainda na quarta-feira (04).
2 – No dia seguinte, quinta-feira, o pedido foi feito novamente, mas desta vez pela Secretaria Municipal de Administração (via e-mail) por um canal que as prefeituras possuem com a RGE Sul.
3 – No final da manhã de sexta-feira, uma equipe da RGE Sul esteve no local, fez a vistoria e constatou que a entrada de energia elétrica no prédio é bastante antiga, teve o poste comprometido e por isso precisava ser substituída para apenas depois o abastecimento energético no prédio ser reestabelecido.
4 – A fiação no local é interna (passa pela parede) e por isso não é visível. Não trata-se de um “gato”. Prova disso é que a Secretaria Municipal da Fazenda paga a conta do prédio todos os meses. A de vencimento em 26/08 foi no valor de R$ 246,93.
5 – Desde aquele momento a STAS está providenciando a compra de um poste nos padrões exigidos pela RGE Sul para fazer a nova entrada. A compra precisa ser feita por dispensa de licitação, o que depende de trâmites legais e prazos a serem cumpridos.

Comente este artigo..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *